Quem sou eu

Minha foto

Sou Fotógrafo Profissional, Sertanista e atualmente trabalho com fotografia de Eventos Sociais em SP.
Tecnologia do Blogger.

terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

MÁSCARA FACIAL DE MAISENA COM EFEITO BOTOX - MULHERES DE TODO O MUNDO ESTÃO APROVANDO!

Linhas de expressão e rugas são marcas comuns quando se chega a uma certa idade.
Algumas pessoas apelam para cirurgias, outras para caríssimos produtos de beleza.
Nós, porém, acreditamos que a natureza nos traz as melhores alternativas para deixar a pele mais bonita e saudável.
Além de uma dieta equilibrada, você pode investir em ótimos tratamentos naturais de beleza.
Um desses tratamentos é esta máscara de maisena, também conhecida como "botox caseiro".
Vimos a receita em um site espanhol de dicas de beleza e os comentários sobre ela foram todos bastante elogiosos.
O que diziam?
Que é maravilhosa!
Que são muitos os benefícios!
Por exemplo, previne o envelhecimento prematuro da pele e trata os tecidos já danificados com a idade.
Qualquer pessoa pode usar esta receita: jovens, adultos ou idosos.
Veja como fazer:
INGREDIENTES

1 colher (sopa) de amido de milho (maisena)
5 colheres (sopa) de cenoura ralada (tem que ser na parte mais fina do ralador)
1 colher (sopa) de iogurte natural
150 mililitros de água potável e natural
1 pincel ou escova

MODO DE PREPARO
Misture o amido de milho com 1/2 copo de água, aproximadamente (50ml), até ficar completamente diluído.
Feito isso, leve o restante da água (100ml) para ferver e adicione o amido de milho diluído assim que a água entrar em ebulição.
Depois de fervida, tire a panela do fogo e espere esfriar o suficiente.
Depois, adicione a cenoura ralada com o iogurte natural e misture bem, com a ajuda de uma colher de madeira.
observação: A mistura deve ser feita até que fique homogênea.
Se você tiver uma pele oleosa, pode substituir o iogurte por creme de leite e realizar o mesmo procedimento.
Para aplicar a máscara, lave o rosto com água fria e se certifique de que não tem resíduos de maquiagem ou de qualquer outro produto.
Inicie a aplicação da máscara passando-a no pescoço, com movimento verticais, de baixo para cima, e com a ajuda do pincel ou escova.
Em seguida, depois de aplicar no pescoço, passe o produto nas bochechas e por fim na testa, até cobrir todo o rosto.
Realize suaves massagens, com o pincel ou a escova, durante a aplicação.
Deixe agir por 15 minutos e depois enxágue com água abundante.
Faça o procedimento três vezes por semana.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte:http://www.curapelanatureza.com.br/post/11/2016/mascara-facial-de-maisena-com-efeito-botox-mulheres-de-todo-o-mundo-estao-aprovando

domingo, 26 de fevereiro de 2017

Equivalência de pesos e medidas para fazer um bolo

A confeitaria (a especialidade da gastronomia que diz respeito a bolos e tortas) é uma ciência exata. Não, não adianta resmungar: considerando os mesmos ingredientes, é a matemática que define se o mesmo bolo vai dar certo ou não duas vezes. Os profissionais sabem: pesos e medidas são fundamentais para o sucesso do bolo.
Mas, já que medidas são importantes, uma xícara tem quantos ml? E o copo? Quanto pesa o conteúdo de uma colher? Na hora de responder essas perguntas, a internet toca o samba da bicicleta sem freio, e cada hora dá uma resposta. Então eu fui buscar as respostas certas - e criar outras, fazendo as medidas aqui em casa mesmo - e trouxe mastigadinho para você. :-)
O copo americano, ou copo lagoinha, aquele que conhecemos de velha data nos bares da vida, também é muito usado como medida no Brasil. O curioso é que - com seus 190ml - não equivale à medida oficial de "1 copo".
A xícara clássica, dessas esmaltadas grandes, que tem em muitos lares brasileiros, também não equivale à "xícara legal" (legal no sentido de oficial). A medida da xícara esmaltada grande é de 350ml.
Para complicar a brincadeira, o Mercosul e o INMETRO têm outra tabela de equivalência, que é a que vale para embalagens de alimentos, mas não deve ser usada em receitas, já que a maioria das receitas são desenvolvidas considerando-se o padrão internacional.
E outro fato: muita "xícara" ainda tem medida diferente. Alguns medidores consideram 1 xícara = 250mL, outros 1 xícara = 200mL e outros 1 xícara = 240mL.
Resumindo, o ideal é mesmo que a receita seja dada em gramas e mL, até para ovo! :-) Ainda mais nesses nossos tempos em que balança de cozinha custa vinte reais.
Para descomplicar (um pouco), seguem as duas tabelas mais comuns:

TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE MEDIDAS (MAIS COMUM) PARA RECEITAS
1 xícara de chá = 240ml ~240g
1/2 xícara de chá = 120ml ~120g
1 copo americano até a borda = 190mL ~190g
1 copo americano até o traço = 150mL ~150g
Colher de sopa = 10ml
Colher de chá = 5ml

TABELA DE EQUIVALÊNCIA DE MEDIDAS - OFICIAL MERCOSUL
Xícara de chá = 200ml
Copo = 200ml
Colher de sopa = 10ml
Colher de chá = 5ml


sábado, 25 de fevereiro de 2017

7 benefícios do abacaxi

Todos nós estamos expostos aos desgastes da vida moderna.
Mas nem por isso que todo mundo vai se acomodar e cruzar os braços diante desse fato, não é?
E se dissermos que podemos melhorar a proteção ao nosso corpo consumindo abacaxi?
Como ele é rico em propriedades antioxidantes e anticancerígenas, devemos comer abacaxi diariamente.
Para as mulheres, por exemplo, seu uso é indispensável.
O abacaxi contém substâncias que restauram a elasticidade da pele, rejuvenescendo-a.
Há outros benefícios causados pela fruta.
Conheça:
1. Cura tosse e resfriado

O o abacaxi supre mais de 130% da necessidade diária de vitamina C.Ele é um verdadeiro impulsionador do sistema imunitário.
Além disso, reduz o muco nas vias respiratórias, evita catarro e infecções.
2. Promove a saúde óssea
O abacaxi é riquíssimo em manganês, que é um mineral essencial para o fortalecimento dos ossos.
Para você ter ideia, essa fruta tem mais de 70% da quantidade necessária de manganês que precisamos obter diariamente.
3. Ajuda na digestão
Como o abacaxi é abundante em fibras, facilita a passagem de alimentos através do sistema digestivo.
Além disso, estimula a liberação de sucos gástricos e digestivos, ajudando a dissolver os alimentos, especialmente os ricos em proteína.
O abacaxi também combate a diarreia.
4. Melhora a circulação
O abacaxi limpa as artérias, ajudando na prevenção de doenças cardíacas.
5. Alívio de dores
Como o abacaxi alivia inflamações das articulações e dos músculos, ele é ótimo para combater a artrite.
As propriedades anti-inflamatórias da fruta reduzem os sintomas de dores.
6. Produção de colágeno
Por ser rico em vitamina C, o abacaxi produz colágeno, que é essencial para as paredes dos vasos sanguíneos, pele, órgãos e ossos.
Ou seja, consuma abacaxi e garanta a prevenção de muitas doenças e infecções.
7. Prevenção do câncer
O abacaxi previne câncer de boca, de garganta e de mama graças às propriedades antioxidantes.
Além disso, é rico em bromelina.
Esta substância ajuda no tratamento de doenças autoimunes e ajuda a regular a glândula tireoide.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte site Cura Pela Natureza. Link original:http://www.curapelanatureza.com.br/post/11/2016/7-beneficios-do-abacaxi-que-quase-ninguem-conhece-e-que-vao-ajudar-muito-voce

Leite de amendoim ajuda a normalizar colesterol e a elevar libido

O amendoim é boa fonte de proteína e tem altos níveis de fibras e ácidos graxos monoinsaturados.
Ele também fornece nutrientes como magnésio, folato, vitamina E e cobre – indispensáveis ao bom funcionamento cardiovascular.
Outra virtude do amendoim é ter uma dose elevada de vitaminas do complexo B e do aminoácido arginina, que melhoram a circulação do sangue, além de apresentar grande quantidade de vitamina E, matéria-prima dos hormônios sexuais.
A junção de arginina (potente vasodilatador) e de vitamina E, destaque-se, é que dá ao amendoim a característica de forte afrodisíaco.
E as virtudes do amendoim não param aí: segundo pesquisas do Ministério da Agricultura dos Estados Unidos, essa oleaginosa é tão rica em antioxidantes quanto o vinho tinto.
O amendoim ainda é fonte de Ômega-3 e Ômega-6, que reduzem o nível de triglicérides no sangue e a pressão arterial.
Além disso, ele combate o mau humor, pois possui vitaminas do complexo B, que ajudam na formação de neurotransmissores como a serotonina.
Com tantos benefícios, devemos reservar um espaço, no nosso cardápio, para o amendoim e para receitas à base dele, como a que vamos ensinar adiante.
O leite de amendoim é delicioso e tem um preparo muito descomplicado.
Você pode usar esse leite como substituto do leite de vaca e de soja (quase sempre transgênica) em preparações como vitaminas de fruta e achocolatados.
A receita é esta:
INGREDIENTES

1 xícara (chá) de amendoim torrado
2 xícaras (chá) de água
MODO DE PREPARO
Bata os ingredientes por uns 4 minutos no liquidificador.
Basta coar e o leite está pronto.
Use-o de várias formas e substituindo o leite de vaca em receitas como bolos, achocolatados, vitaminas de frutas…
Fonte: site cura pela Natureza. Link original:http://www.curapelanatureza.com.br/2014/05/leite-de-amendoim-ajuda-normalizar.html#sthash.8lsSOoYO.dpuf

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Antes ignorada, hoje é uma poderosa planta medicinal

A Physalis tem muitos nomes comuns por toda a lusofoniaː fisális, camapu, tomate-capucho, camaru, capota, bucho-de-rã, 'peido-de-velha' , joá-de-capote, juá-de-capote, juá-roca, juá-poca, juapocamata-fome, camapum, bate-testa, saco-de-bode, erva-noiva, cerejas-de-judeu, balão, tomate-lagartixa, tomate-barrela e capucho. A fisális é nativa das regiões temperadas, quentes e subtropicais de todo o mundo. O gênero é caracterizado por um fruto alaranjado e pequeno, semelhante em tamanho, forma e estrutura a um tomate, mas envolto parcial ou completamente por uma casca grande que deriva do verticilo.
Golden berry, também conhecida como fisális (Physalis peruviana) é uma fruta silvestre que tem o formato de uma concha delicada, muito parecida com a textura de um papel.
Dentro dessa "concha", há um fruto redondinho, amarelo e de sabor meio doce, meio azedo.
A golden berry é um membro da família das solanáceas e pode ser considerada uma parente do tomate.
É uma rica fonte de potássio, mineral importante para uma dieta saudável.
Para quem não sabe, a golden berry é natural da América do Sul e está sendo bastante procurada, graças aos benefícios que oferece à nossa saúde.
Regiões andinas, como o Peru e a Colômbia, conhecem o fruto desde o tempo dos incas, que o plantavam no Vale Sagrado.
Foi a partir do século XVIII que a planta começou a ser conhecida pelo mundo.
Os maiores consumidores hoje são a Alemanha e a Inglaterra.
Porém, plantações podem ser encontradas na Colômbia, Equador, Califórnia, Austrália, África do Sul, Quênia, Egito, Índia, Ásia, Caribe, Havaí e até aqui no Brasil.
Se você tiver a oportunidade de sair do país, talvez se depare com outros nomes, como "manto Aguay", como os peruanos costumam chamar; capulí, comum na Bolívia; uchuva, na Colômbia, cerejas de Judas, na Venezuela...
O nome "golden berry" é inglês, mas é bem conhecido entre os falantes de língua portuguesa, assim como fisális.
As propriedades medicinais da fruta são incríveis.
Veja:
- Excelente fonte de provitamina A, C e do complexo B
- Fornece energia, que é indispensável para as crianças, os atletas e os estudantes
- É rica em proteína e fósforo, que são ótimos para o crescimento, desenvolvimento e funcionamento dos diversos órgãos do corpo
- É diurética e ajuda a eliminar toxinas do corpo
Gostou?
Ela pode ser consumida sozinha ou da forma que cada um quiser.
No Peru e na Colômbia, por exemplo, é comum acrescentá-la em iogurtes, sorvetes, doces, bolos e licores.
Além do sabor, a frutinha é muito querida por deixar qualquer decoração de comida muito mais elegante.
Conheça outros benefícios:
- Purifica o sangue
- Previne a catarata
- Alivia infecções na garganta
- Ajuda a controlar o diabetes
- Fortalece a próstata
- Tem efeito relaxante, graças ao teor de flavonoides
- Combate bactérias e amebas do corpo
- Trata câncer de estômago
- Previne câncer de cólon e intestino
- Alivia sintomas de bronquite
- Acaba com a fadiga mental
- Diminui os níveis de colesterol no sangue
- Promove a cicatrização de feridas.
- Reduz os sintomas da menopausa.
- Combate a constipação
Todos esses benefícios só podem ser desfrutados a partir do consumo da fruta.
Mas é importante saber que o consumo em excesso pode causar dores no estômago, por causa do grau de acidez.

Fotografia de Saulo Guglielmelli.Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico. Fonte:http://www.curapelanatureza.com.br/post/12/2016/nova-superfruta-fortalece-prostata-combate-o-diabetes-e-previne-o-cancer

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Mantenha a casa sempre limpa e com um aroma maravilhoso com estas dicas!

Para minimizar o impacto que causamos no planeta, que tal fazer produtos de limpeza ecológicos?
Assim, você não só contribuirá para a saúde da Terra, como também fará uma boa economia.
Para ajudar, fizemos uma seleção caprichada de alternativas caseiras e ecológicas de produtos de limpeza.

Veja:
1. SABÃO LÍQUIDO PARA LOUÇA

2 litros de água
1 sabão coco ralado (200 gramas)
1 colher (sopa) de óleo de rícino
1 colher (sopa) de açúcar.
Ferva todos os ingredientes até dissolver.
Espere esfriar e engarrafe.
2. DETERGENTE ECOLÓGICO
1 pedaço de sabão de coco neutro
2 limões
4 colheres de sopa de amoníaco (que é biodegradável)
5 litros de água
Derreta o sabão de coco, picado ou ralado, em um litro de água.
Depois, acrescente cinco litros de água fria.
Em seguida, esprema os limões.
Por último, despeje o amoníaco e misture bem.
Guarde o produto resultante em garrafas e utilize-o no lugar dos similares comerciais.
Você obterá seis litros de um detergente que limpa, não polui e tem valor econômico muito menor que o similar industrializado.
3. DETERGENTE ECOLÓGICO MULTIUSO
1 litro de água
1 colher (sopa) de vinagre
! colher (sopa) de amoníaco
1 colher (sopa) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de ácido bórico
Em um litro de água morna (cerca de 45º C), coloque uma colher de sopa de vinagre, uma colher de sopa de amoníaco, uma colher de sopa de bicarbonato de sódio e uma colher de sopa de bórax ou ácido bórico.
Misture bem.
Utilize em qualquer tipo de limpeza, em substituição aos multiusos convencionais.
4. DESINFETANTE PARA BANHEIRO
1 litro de álcool (de preferência 70º)
1 litro de água
1 sabão de coco (200 gramas)
Folhas de eucalipto
Deixe as folhas de eucalipto de molho no álcool por 2 dias.
Ferva 1 litro de água com o sabão ralado, até dissolver.
Junte a água e a essência de eucalipto.
Engarrafe.
5. AMACIANTE DE ROUPAS
5 litros de água
4 colheres (sopa) de glicerina
1 sabonete infantil ralado
2 colheres (sopa de leite de rosas
Ferva 1 litro de água com o sabonete ralado até dissolver.
Acrescente mais 4 litros de água fria, as 4 colheres de glicerina e as 2 colheres de leite de rosas.
Mexa bem até misturar e depois engarrafe.
MAIS DICAS1. PARA LIMPAR JANELAS E ESPELHOS
Para limpeza de rotina, use 3 colheres (sopa) de vinagre diluídas em 1 litro de água quente.
Se o vidro estiver muito sujo, primeiro limpe-o com água e sabão.
Para secar superfícies, utilize tecido de algodão reutilizado ou jornais velhos.
2. PARA LIMPAR E DESODORIZAR CARPETES E TAPETES
Misture duas partes de fubá com uma parte de bórax.
Pulverize generosamente, deixe descansar por uma hora e aspire.
Uma desodorização rápida pode ser obtida pulverizando-se o carpete com bicarbonato e aspirando logo a seguir.
3. PARA AMACIAR AS ROUPAS
Adicione ½ copo de vinagre ou ¼ de copo de bicarbonato durante o enxágue.
4. PARA LIMPAR O BANHEIRO
Para limpeza geral de banheiros, use escova com bicarbonato de sódio e água quente.
Para pias, despeje vinagre e deixe descansar durante a noite, enxaguando pela manhã.
Para limpar bacias, aplique uma pasta de bórax e suco de limão.
Deixe por algumas horas e dê descarga.
Ou utilize uma solução forte de vinagre.
5. PARA LIMPAR VIDROS E TIRAR GORDURA

Use uma solução de vinagre ou limão diluídos em água.
6. PARA LIMPAR O FORNO
Basta uma solução de água quente com bicarbonato de sódio, que deve ser passada com um pano fino.
7. PARA LIMPAR PANELAS E FÔRMAS QUEIMADAS

Cubra a área com uma fina camada de bicarbonato de sódio e água e deixe descansar por algumas horas antes de lavar.
8. OUTRO LIMPADOR PARA JANELAS
Misture ½ xícara de álcool, 2 xícaras de água e uma colher de sopa de amoníaco.
Coloque luvas e aplique a solução com um pedaço de pano.
9. JANELAS E ESQUADRIAS DE ALUMÍNIO
Para manter janelas e esquadrias de alumínio sempre brilhando como novas, é só limpá-las uma vez por mês com uma mistura de óleo de cozinha e álcool, em partes iguais.
Em seguida é só passar um pano macio ou flanela.
10. LIMPADOR PARA PISOS DE CERÂMICA
Misture no balde de limpeza aproximadamente 3,5 litros de água com ¾ de xícara de vinagre branco e ½ xícara de amoníaco.
Lave o piso como de costume.
11. SUBSTITUTO DA NAFTALINA
A naftalina afeta o fígado e os rins. No lugar dela use sachês com flores de lavanda.
12. DESODORANTE/AROMATIZADOR DE AMBIENTE
Pode ser substituído por uma solução de ervas com vinagre ou suco de limão.
Além de gastar menos dinheiro, você evita produtos responsáveis pelo aumento de doenças respiratórias e alergias.
IMPORTANTE!
Como qualquer produto de limpeza convencional, mantenha os ecológicos fora do alcance de crianças e animais domésticos.

Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico. Fonte:http://www.curapelanatureza.com.br/post/11/2016/mantenha-casa-sempre-limpa-e-com-um-aroma-maravilhoso-com-este-incrivel-truque

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Essa simples bebida ajudará a retirar toxinas do seu fígado

As coisas mais extraordinárias são as mais simples, disse certa vez um sábio.
O pensamento vale para tudo na vida, inclusive para a nossa saúde.
Quer ver?
Esta simples combinação é capaz de curar muitas doenças comuns e seus ingredientes são antigos aliados da saúde.
O segredo para tanto sucesso são as propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias dela.
O vinagre de maçã e mel protegem a garganta e o estomago, podendo curar dores e aliviar o refluxo ácido.
O vinagre de maçã sozinho é muito usado para:
- Tratar problemas digestivos
- Queimar excesso de gorduras
- Aliviar dores nas articulações
No entanto, quando misturado com o mel, seus benefícios são dobrados.
Veja o que o mel e o vinagre de maçã juntos fazem:
- Combatem inflamações
- Eliminam refluxo ácido
- Combatem infecções
- Melhoram o processo digestivo
- Aumentam a energia do corpo
- Combatem hipertensão
- Tratam doenças de pele
- Curam mau hálito
- Combatem a obesidade
O que acontece é que os dois ingredientes juntos aumentam o pH do corpo, facilitando o combate a germes e doenças.
O contrário disso acontece quando consumimos carnes, amidos e alimentos processados, pois eles acidificam o sangue.
Gostou?
Então aprenda a fazer sua mistura de vinagre de maçã com mel.
É muito fácil:
INGREDIENTE
S
1 colher (sopa) de vinagre de maçã
1 colher (chá) de mel
1 xícara de água potável

Observação: Use, de preferência, ingredientes orgânicos.

MODO DE PREPARO
Misture todos os ingredientes e beba ainda com o estômago vazio - 20 ou 30 minutos antes do café da manhã, diariamente.
Não use este medicamento por muito tempo, no máximo duas semanas.
Este medicamento caseiro também pode reduzir a ação de alguns remédios para diabetes e doenças cardíacas.
Por isso, se você toma algum medicamento, converse com seu médico antes de usar a mistura de mel e vinagre de maçã.


Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Fonte:http://www.curapelanatureza.com.br/post/11/2016/esta-simples-bebida-vai-retirar-quilos-de-toxinas-do-seu-intestino

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

20 doenças que o alho ajuda a combater

O alho é um dos mais poderosos remédios naturais.
Ele tem ação antibiótica, anti-inflamatória, antimicrobiana, antiasmática, antioxidante, anticancerígena, entre outras, além de ser protetor cardiovascular.
- reduz pressão alta
- previne arteriosclerose
- auxilia na dissolução de cálculos renais
- tem efeito tônico sobre pessoas enfraquecidas
- previne gripes e resfriados
- ajuda na expulsão de vermes;
- combate bronquite
- combate diarreia
- atua contra hemorroidas e varizes
- combate enfermidades dos rins e da bexiga
- fortalece a vista,
- combate dor de cabeça enxaqueca
- contribui para a perda de peso
- combate tumores, herpes e diversos problemas de pele
- combate gota e reumatismo
- trata asma e outros problemas respiratórios
- combate tosse, rouquidão e catarro
- trata problemas circulatórios, pressão alta e diabetes
Ainda não acabou.
Estudos comprovam a sua eficácia em câncer da mama e da próstata.
E pesquisas recentes identificaram que o alho possui ainda diversas propriedades, entre as quais se destacam as antimicrobianas, antineoplásicas, terapêuticas contra doenças cardiovasculares, imunoestimulantes e hipoglicemiante.
EXTERMINADOR DE BACTÉRIAS
Pasteur relatou, em 1858, a atividade antibacteriana do alho, que tem sido confirmada por diversos autores até hoje.
Em laboratório, mediante diluição em série, o extrato fresco de alho mostrou ser capaz de inibir de destruir 14 espécies de bactérias, entre as quais Stafilococcus aureus, Klebsiella peneumoniae e Escherichia coli, que são bactérias potencialmente maléficas à saúde e causadoras de infecções.
Isso ainda se deu mesmo usando o extrato de alho diluído 128 vezes.
Uma solução de 5% preparada com alho fresco desidratado mostrou atividade bactericida contra a Salmonella typhimurium.
Isso é atribuído à alicina, o componente-chave da atividade antimicrobiana, que também é responsável pelo odor característico do alho.
A atividade antimicrobiana do alho é reduzida com sua fervura, pois a alicina praticamente desaparece durante o processamento térmico.
O alho ainda tem se mostrado ser capaz de combater a bactéria Helicobacter pylory, a maior causa de dispepsia, câncer gástrico e também de úlceras gástricas e duodenais.
Foi observado recentemente que 2g/L de extrato de alho inibe completamente o crescimento da H. pylori.
Os autores concluíram que este efeito bactericida pode contribuir para prevenir a formação de câncer gástrico.
O efeito anticancerígeno do alho parece estar ligado à estimulação da enzima hepática glutationa S-transferase, envolvida em processos de desintoxicação de muitos carcinógenos.
O que mais se destaca na composição nutricional do alho são os altos teores dos elementos zinco e selênio, metais antioxidantes.
No organismo humano, estes nutrientes são muito importantes para o sistema imunológico.
Diversos são os estudos que têm identificado baixos níveis sanguíneos tanto de selênio como de zinco em pacientes portadores de patologias como a aids, cujo sistema imunológico encontra-se gravemente debilitado.
A prescrição dietoterápica atualmente feita para tais pacientes preconiza o consumo de alho, entre outras coisas.
Há estudos que apontam a atividade antiviral do alho.
Neste sentido, seu consumo também é indicado para casos de resfriado, gripe e nas viroses em geral.
Um estudo efetuado em duas regiões distintas da China, uma que emprega frequentemente o alho na culinária e outra que não o utiliza, mostrou que a região que usa regularmente o alho tem menores índices de mortalidade em relação à região que não utiliza o alho na alimentação.
O alho ainda possui propriedades hipoglicemiantes.
O extrato de alho, portanto, reduz a glicose sanguínea.
O mecanismo provável desta atuação se deve, ao menos em parte, ao estímulo à secreção de insulina pelas células do pâncreas.
MODO DE USAR
O alho deve ser consumido cru, pois, após ser aquecido ou transformado, perde ou transforma suas propriedades benéficas.
No caso de cápsulas, a qualidade varia muito de marca para marca.
Pesquise, se optar por esta forma, muito antes de comprar.
A recomendação é de 500 a 1.000mg de óleo de alho por dia, como efeito protetor, ou de 1 a 2 dentes crus e frescos por dia, que podem ser ingeridos com água, chá ou suco.
Pode-se também tomar a água de alho, enchendo um copo de água e acrescentando um dente de alho picado.
Tome esta água aos goles durante o dia, acrescentando mais água.
Ao fim do dia, descarte o alho.
A ingestão com leite deve ser evitada, pois o leite cria muco no organismo, que depois de algum tempo será a causa de infecções e outros problemas.
O uso excessivo ou em dose elevada do alho pode causar má digestão e irritabilidade da mucosa gástrica.
Ele deve ser evitado quando se tomam drogas sintéticas.
Não devem usar o alho pessoas alérgicas a esta planta, grávidas, lactentes e crianças até 4 anos.
O alho também deve ser evitado em casos de pré e pós-operatório, pois tem efeito antiplaquetário.
Ah, você não consome alho porque ele deixa o hálito com um cheiro desagradável? 
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico. Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br/post/02/2017/alho-destroi-14-bacterias-e-combate-mais-de-20-doencas-mas-tem-que-usar-desta-forma

Como plantar um pé de limão a partir das sementes e até dentro de um apartamento!

O limão é uma verdadeira farmácia, uma fruta com incrível poder curativo.
O maior benefício do limão certamente é o de alcalinizar o sangue.
Apesar do sabor ácido, assim que entra no organismo, o limão realiza uma poderosa alcalinização do sangue, levando o corpo a atingir o pH ideal: entre 7,36 e 7,42.
A alcalinização produzida pelo limão beneficia o cérebro, coração, pulmões, rins, sistema imunológico, intestinos, fígado, enfim, todos os principais órgãos do corpo.
O consumo regular de limão, portanto, funciona como um poderoso agente terapêutico, contribuindo para o equilíbrio do corpo, realizando diariamente uma "faxina" preventiva.
E é por isso que quem tem um limoeiro em casa tem verdadeiramente um tesouro.
E você também pode ter esse tesouro, mesmo morando em apartamento.
É o que nós vamos ensinar agora.

PLANTANDO O PÉ DE LIMÃO
Esta técnica de plantio vai lhe possibilitar ter um limoeiro mesmo morando num apartamento.
Para que tudo dê o certo, o primeiro passo é muito importante: a semente.
Não pode ser qualquer semente.
Tem que ser uma semente de boa qualidade e de limão orgânico.
Já podemos ouvir os "pouco otimistas" dizer: "Onde encontro limão orgânico?"
Na maioria das cidades, já existem feiras de frutas e legumes orgânicos.
Além disso, alguns bons supermercados já vendem vegetais orgânicos.
E, de repente, seu vizinho tem um limoeiro e pode conseguir para você alguns limões naturais.
Em resumo, vá à procura e encontrará.
De posse das sementes de limão, você vai precisar de um vaso ou balde grande, largo e de boa profundidade, como este da foto.
Coloque uma pequena quantidade de terra neste vaso ou balde (1/4 do espaço mais ou menos) e adicione água até que fique muito úmido.
Depois, encha o recipiente com terra, até poucos centímetros antes de chegar ao topo.
Selecione as sementes que você vai usar.
Como dissemos, devem ser sementes de limão orgânico.
Mantenha as sementes úmidas até a hora de plantá-las.
É hora de plantar as sementes: faça uma covinha e plante-as meia polegada abaixo do solo (entenda como solo o topo da terra que você colocou no vaso/balde) e molhe com água suavemente usando um pulverizador.
Cubra e envolva o vaso/balde com um saco de lixo transparente com alguns furos.
Coloque o recipiente em um lugar quente, onde bata a luz do sol.
A terra não pode ficar seca.
Por isso, sempre borrife um pouco de água nela, quando perceber que ela está ficando seca, mas de forma equilibrada, nada de excesso de umidade.
Se tudo der certo, depois de duas ou três semanas, o broto do pé de limão vai aparecer.
Depois, retire o plástico e coloque a planta onde bate luz solar.
Cuide da planta diariamente.
Certifique-se de mantê-la sempre com água, luz solar e fertilizante.
Todo o processo requer muita paciência.
Mas o resultado final vai valer a pena.

Fonte da matéria, exceto foto:http://www.curapelanatureza.com.br/post/02/2016/como-plantar-um-pe-de-limao-partir-das-sementes-e-ate-dentro-de-um-apartamento

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Saiba o que acontece quando você bebe refrigerantes

Que refrigerante não é uma bebida saudável, isso todos sabem. Seja diet, light ou normal, todos os refrigerantes são nocivos à saúde humana. Na minha opinião deve ser banido de nosso cardápio. Eu não bebo refrigerantes há mais de 10 anos. Bebo somente água filtrada e sucos naturais, sem adição de açúcar. (Arnaldo Silva)

Quer saber por detalhes o que ocorre com seu corpo quando você bebe refrigerante? Veja:

Aumente sua imunidade com esse xarope caseiro

Esta receita é um presente de um leitor nosso que mora nos Estados Unidos.Segundo o leitor que enviou a receita, ele é um tônico muito poderoso.
Nosso leitor consome 1 colher (sopa) desse xarope todas as manhãs faz uns três anos.
E disse que desde então raramente adoece (antes só vivia gripado) e que sempre que toma o xarope sente "um impulso extra de energia".
Nós analisamos a fórmula do xarope e, pela potência de seus ingredientes, não temos dúvida de sua eficácia.
Alho, cúrcuma (açafrão-da-terra), gengibre, limão, vinagre de maçã, pimenta-do-reino e mel são certamente alguns dos ingredientes mais poderosos da medicina natural.
O interessante é que, se você pesquisar em livros e em sites como o Cura pela Natureza, verá que esses ingredientes combatem com vigor vírus, fungos e bactérias.
Além disso, o alho, o limão e o vinagre de maçã gengibre são poderosos alcalinizadores do sangue.
Alcalinizar o sangue, de forma resumida, é melhorar a qualidade desse líquido tão precioso e essencial à vida.
A medicina natural entende que o segredo da saúde está no sangue.
Sangue ácido significa doenças.
Sangue levemente alcalino significa saúde.
E este xarope dá uma forte contribuição para a alcalinização de nosso sangue.
Não podemos deixar de mencionar a cúrcuma ou açafrão-da-terra, outro componente da fórmula.
A cúrcuma é uma farmácia por si só.
Várias pesquisas científicas já demonstraram que esta especiaria dourada pode proporcionar para efeitos muito benéficos obre os sistemas digestivo, cardiovascular, reumático e imunológico.
São extraordinária suas propriedades anti-inflamatórias.
Ela presenta um documentado (por estudos científicos) efeito de reduzir o colesterol e diminuir os riscos de ataque cardíaco.
A cúrcuma é muito indicada no tratamento de artrite, diminuindo a dor e o enrijecimento.
E ajuda o organismo a se livrar de substâncias potencialmente causadoras de câncer.
Há muito tempo, os indianos usam a cúrcuma como antibiótico natural.
E pesquisas feitas em vários países (especialmente os EUA) confirmam que componentes dela podem inibir o crescimento de bactérias, fungos e vírus.
E, antes de ir para o passo a passo da receita, também não podemos deixar de falar da pimenta-do-reino.
Consumida sem excessos, a pimenta é um remédio natural para diversos males.
De acordo com o médico homeopata Marcio Bomtempo, autor do livro "Pimenta e seus Benefícios à Saúde", além dos princípios ativos capsaicina e piperina, o condimento é muito rico em vitaminas A, E e C, ácido fólico, zinco e potássio.
E, por isso, tem fortes propriedades antioxidantes.
A pimenta ainda contém bioflavonoides, pigmentos vegetais que ajudam a prevenir o câncer.
Ela é um forte acelerador do metabolismo, ajudando no controle do colesterol e na perda de gordura.
Também é excelente no combate a gripes e resfriados, além de ajudar a prevenir doenças do coração.
Ufa!
Chega de listar o poder dos ingredientes, afinal você deve estar querendo muito aprender a receita, não é verdade?

A receita deste xarope, ou melhor, superxarope, está logo adiante:
INGREDIENTES
2 limões frescos (com a casca)
1 xícara de alho picado
1 xícara de vinagre de maçã
1 pedaço de 4 cm de raiz de gengibre ou 2 colheres (sopa) de gengibre em pó
2 colheres (sopa) de açafrão-da-terra em pó ou ralado
1 colher (chá) de pimenta-do-reino
3 xícaras de mel
MODO DE PREPARO
Liquidifique os limões (use limões orgânicos; se não for possível, veja como purificá-los AQUI), o alho, o vinagre de maçã, o gengibre e a cúrcuma (também conhecida como "açafrão-da-terra").
Coloque esse suco numa panela e leve para cozinhar em fogo bem baixo por cerca de meia hora, até o líquido ficar reduzido e concentrado.
Acrescente a pimenta-do-reino e deixe cozinhar por mais 20 minutos.
Desligue o fogo e espere esfriar.
Quando esfriar, adicione o mel e mexa bem.
Transfira para um ou mais potes de vidro.
Consuma, em jejum, 1 colher (sopa) do xarope puro ou dissolvido em meio copo de água.
Conserve na geladeira.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui o trabalho de um especialista. Consulte sempre seu médico. Fonte: http://www.curapelanatureza.com.br/post/12/2016/com-este-superxarope-sua-imunidade-vai-virar-um-gigante-adeus-viroses

domingo, 12 de fevereiro de 2017

Conheça o faveiro-de-wilson, espécie que só existe em Minas Gerais

Não se trata de um animal, e sim, uma árvore mineira, que de tão rara, está na lista vermelha da instituição internacional que acompanha as espécies em risco de extinção em todo o mundo.
Apesar de seu grande porte, o faveiro-de-wilson pode até não chamar a atenção de quem a vê, mas é um patrimônio de Minas (foto: Fernando Fernandes/Divulgação)

Frequentemente ouvimos nos noticiários que determinado animal corre o risco de desaparecer devido à destruição de seu ambiente natural. Mas você sabia que as árvores também correm risco de extinção, e que existem pessoas mobilizadas para evitar que isso aconteça? Desde a época do descobrimento do Brasil, boa parte da flora nacional vem sendo devastada e, até 1530, o pau-brasil, símbolo maior do país no período, foi constantemente explorado – seu tronco serve para produção de móveis e o corante vermelho produzido pela árvore era muito usado pela indústria têxtil. Da mesma forma que essa espécie típica sofreu com o assédio humano, o faveiro-de-wilson – ou Dimorphandra wilsonii Rizzini, da família das leguminosae, a mesma do pau-brasil – é a árvore da vez, que pede por socorro e pode estar com os dias contados.

Ainda mais raro de ser encontrado que o seu "parente" mais famoso, o faveiro-de-wilson – que recebeu esse nome em homenagem ao cientistas que a descreveram em 1969 – é uma espécie endêmica, encontrada apenas na região central de Minas Gerais, em cidades como Lagoa Santa, Sete lagoas e Matozinhos, e está na lista vermelha de espécies ameaçadas, segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, em inglês). Ao longo dos últimos dez anos, o engenheiro ambiental Fernando Fernandes, da Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte, tem se dedicado à procura de indivíduos dessa espécie por todo o estado.
O faveiro produz uma vagem com cerca de um palmo de comprimento, escura por fora e branca por dentro, e que é muito apreciada pelo gado (foto: Fernando Fernandes/Divulgação)
"De 2003 até o momento, foram 10 mil quilômetros percorridos e apenas 240 árvores encontradas. Elas foram registradas em apenas 17 dos 853 municípios mineiros. Por conta disso, encontra-se no nível mais crítico da ameaça de extinção. Sua população é muito pequena, está em declínio, e presente numa área restrita", afirma o especialista, que observou, ainda, que a principal causa de seu desaparecimento é o desmatamento de seu habitat pelo homem, para produção de carvão e madeira, especialmente para o setor agropecuário.


Além do risco de seu ecossistema ser "engolido" pela urbanização, já que a região metropolitana de BH está se expandindo e crescendo vertiginosamente, o faveiro-de-wilson demora pelo menos 15 anos para atingir a maturidade e dar fruto pela primeira vez. Esse tempo de crescimento é considerado médio ou mesmo lento, o que faz com que não se consiga uma maior população dessa espécie. "Algumas árvores se espalham sozinhas, naturalmente, porque são mais agressivas e se reproduzem sem a ajuda externa. No caso do faveiro, é preciso que o homem a plante e ajude em sua proliferação", completa Fernando Fernandes.

No final de agosto, a Fundação Zoo-Botânica de Belo Horizonte juntamente com Centro Nacional de Conservação da Flora do Jardim Botânico do Rio de Janeiro realizou uma oficina para propor as bases de um plano de ação para a conservação da espécie no país. Em médio prazo, o objetivo é tentar tirar o faveiro-de-wilson do nível mais crítico que uma espécie pode estar na lista vermelha da ameaça de extinção.


Fonte:http://www.revistaencontro.com.br/app/noticia/atualidades/2014/09/02/noticia_atualidades,150171/conheca-o-faveiro-de-wilson-especie-que-so-existe-em-minas-gerais.shtml

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Morar perto de árvores reduz casos de depressão, diz estudo.

Pesquisadores do Instituto de Medicina da Universidade de Exeter, no Reino Unido, desenvolveram um estudo que relaciona a arborização com a saúde mental. Segundo os especialistas, quanto mais árvores, menos quadros de depressão são identificados. (na foto acima, rua de Caxambu MG por Rafael Siqueira
Praça em Alpinópolis MG . Fotografia de Cristina Pimenta Krauss
O estudo “Paisagem e Urbanismo” foi publicado na revista científica Science Direct. Os dados analisados pelos pesquisadores foram coletados em Londres, no período de 2009 a 2010. Entre as informações consideradas estão a quantidade de árvores nas proximidades das casas dos pacientes e as informações médicas acerca da saúde mental de cada um. Além disso, variáveis como as condições sociais, tabagismo e idade também entraram nas análises.
Para a pesquisa foram usadas apenas as informações sobre a quantidade de árvores na rua, na proximidade das residências. Os parques e outros espaços públicos de lazer não foram validados. A proposta era avaliar o impacto que a natureza em meio urbano pode ter sobre as pessoas.
Rua do Campus da UFMG na Pampulha em Belo Horizonte. Fotografia de R. Souza
Ao cruzar as informações, os pesquisadores identificaram: 40 árvores por quilômetro quadrado, com uma prescrição de antidepressivos que varia de 358 a 578 a cada mil pessoas. Nos locais com maior densidade de árvores, as taxas de prescrição médica para remédios antidrepressivos foi menos.
Rua Padre Henri Mothon em Poços de Caldas MG
De acordo com o estudo, para cada árvore adicional houve 1,38 menos prescrições para a população. Quando todas as variáveis foram consideradas, a redução foi um pouco menor, de 1,18.
Praça em Três Pontas MG. Fotografia de Cristina Pimenta Krauss
Mesmo com números positivos, os pesquisadores não podem garantir que essa melhoria seja realmente causada pela quantidade de árvores. O que se estima é que locais com a paisagem mais verde estimulam as pessoas a praticarem mais atividades físicas, a interagirem com a comunidade, entre outras coisas que proporcionam maior saúde e bem-estar.
Av. João Pinheiro em Poços de Caldas e seus jacarandás. Fotografia de Marcos Correa 

Redação CicloVivo
http://ciclovivo.com.br/noticia/morar-perto-de-arvores-reduz-casos-de-depressao-diz-estudo

sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

10 benefícios da banana para sua saúde.

A maioria de nós hoje em dia "não tem tempo" para comer saudável e, assim, opta por fast food e comida industrializada.
Mas a falta de tempo não é desculpa.
Existem boas opções de alimentos saudáveis que são fáceis de ser transportados (para o trabalho, escola, faculdade ou qualquer outro lugar) e simples de ser preparados.
Estamos falando de frutas como a banana.
A banana é deliciosa, mas o forte dela não é só o sabor.
Ela é muito medicinal e pode curar alguns problemas de saúde melhor do que certos medicamentos vendidos em farmácias.
Seu poder se deve a grande quantidade de proteínas, vitaminas e outros nutrientes.
Por isso é muito bom para a saúde comer esta fruta todos os dias
E não precisa de muitas bananas.
Basta você desenvolver o hábito de comer duas bananas todos os dias para boas coisas ocorrerem no seu corpo.

Quer saber por quê?
Veja o que a banana é capaz de fazer:

1 - Regula menstruação: algumas mulheres têm o ciclo menstrual desregulado.
Estudos recentes descobriram que a banana ajuda a regular o ciclo, a produção de hormônios e dar mais força ao corpo.
2 - Fonte de energia: não é à toa que os atletas amam banana.
Ela é rica em potássio e outros nutrientes que a trornam uma excelente fonte de energia.
3 – Alivia o estresse: se você anda com problemas de humor, ansiedade e estresse, pode contar com os aminoácidos da banana.
Além disso, ela contém magnésio e cálcio, que protegem contra a depressão.
4 – Cuida do coração: esta fruta é rica em cálcio e tem pouco sal, sendo super-recomendável para quem tem problemas no coração ou quer prevenir.
Você também pode investir nela para auxiliar no tratamento de hipertensão.
5 - Auxilia a memória: tem muita gente com memória fraca, não é?
Pois comer uma banana por dia ajuda a tratar este problema.
6 – Combate anemia: A banana tem ferro, que aumenta o nível de hemoglobina e ajuda muito no tratamento da anemia.
7 - Ótima para a gravidez: a banana é uma ótima aliada para as grávidas, pois combate doenças e mantém o nível de açúcar no sangue bem equilibrado.
8 - Combate úlceras: quer proteger o estômago das úlceras?
A banana cria uma camada especial e reduz as chances desse mal.
Além disso, ela regula a produção dos vários ácidos no estômago.
9 – Combate a TPM: a glicose no sangue pode afetar o humor, principalmente na TPM.
A banana possui seis vitaminas indispensáveis para regular a glicose, como a vitamina B6.
Então, nada de pílulas para combater a TPM, certo?
10 – Previne prisão de ventre: por ter um alto teor de fibras, a banana (especialmente a madura) mantém a ordem do trânsito intestinal.
Mas neste caso prefira a banana madura, mais rica em mucilagem que vai lubrificar o intestino e ajudar na eliminação.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Crotalária: a Flor contra a dengue e vermes

As flores da Crotalária Juncea atrai a libélula que é o principal predador do mosquito da Dengue e de outros pernilongos. Além disso, as libélulas (na foto acima de Nicodemos Rosa)  depositam seus ovos no mesmo local onde o mosquito coloca seus ovos, assim as larvas da libélula também comem as larvas do mosquito.
Existem cerca de 300 plantas da família Crotalária. A espécie Crotalaria Juncea é da espécie que atrai as Libélulas, predador natural do Aedes Aegypti. Além disso é utilizada como atrativo de insetos benéficos e polinizadores, como abelhas para produção de mel. Nenhuma parte da planta é comestível. 
Considerada um dos melhores Adubos Verde: tem características recicladoras, recuperadoras, protetoras, melhoradoras e condicionadoras de solo. (foto abaixo de Nicodemos Rosa)
Além de atrair as Libélulas, predadores do mosquito da Dengue, é extramente útil ao Meio Ambiente. Veja suas principais funções:
Aumenta da capacidade de armazenamento de água no solo.
Controle de nematóides fitoparasitos.
Descompactação, estruturação e aeração do solo.
Diminuição de amplitude da variação térmica diuturna do solo.
Fornecimento de nitrogênio fixado direto da atmosfera.
Intensificação da atividade biológica do solo.
Produção de fitomassa para formação da cobertura morta.
Proteção de mudas-plantas contra o vento e radiação solar.
Proteção do solo contra os agentes da erosão e radiação solar.
Rápida cobertura do solo e grande produção de massa verde em curto espaço de tempo.
Reciclagem de nutrientes lixiviados em profundidade.
Recuperação de solos de baixa fertilidade.
Redução da infestação de ervas daninhas, incidência de pragas e patógenos nas culturas.
Suprimento de matéria orgânica ao solo.
Fitorremediação, desintoxicação do solo, redução de metais pesados e/ou resíduos de defensivos.
Matéria prima para compostagem.
Contribui para absorção de carbono.

Mantenha sua horta ou pomar protegidos contra vermes nematoides plantando algumas próximo as árvores frutíferas, ervas e hortaliças. Mas lembre, a espécie que atrai as libélulas é a Crotalaria Juncea.
Ajude a Combater a Dengue.... Incentive seus vizinhos a plantar a Crotalaria.
Podem ser Plantadas em Vasos
Assim não só a sua casa mas a vizinhança inteira fica protegida contra a dengue.
A Crotálaria Juncea é fácil de ser encontrada. Se pesquisar no Google e ML encontrará dezenas de opções de venda de sementes a  um preço acessível. 
Atenção: as sementes da Crotalária é somente para plantio. Não serve para consumo humano e nem animal.  A planta é tóxica. Deve se evitar a ingestão de sementes, folhas e flores. Se plantar em jardins, evite contato de crianças e animais com a planta, como cães e gatos. 

terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

Libélula é o predador natural do Aedes aegypti

Conheça a planta que atrai as Libélulas. A ideia é atrair um predador natural para reduzir a incidência e exterminar a reprodução de mosquitos. (foto acima de Nicodemos Rosa)
As doenças causadas pelo mosquito Aedes aegypti têm causado preocupações aos brasileiros e aos órgãos mundiais de pesquisa e saúde. Para reduzir a incidência dos mosquitos, a engenheira agrônoma Cinthya Cominesi, da Associação Clube Amigos da Terra de Sorriso, apostou em uma solução natural e simples: a planta Crotalária. ( Foto abaixo: Wikimedia Commons)
A ideia surgiu após um congresso de produtores rurais, em que outros profissionais compartilharam com Cinthya experiências bem sucedidas no uso da crotalária para reduzir a incidência de mosquitos na criação de gado. Munida da informação, a engenheira voltou para Sorriso, MT, com a proposta de testar a eficácia da planta na mitigação do Aedes aegypti.
No último ano, o projeto idealizado pelo Clube Amigos da Terra visitou propriedades de produtores rurais do município mato-grossense distribuindo mudas da planta e também conscientizando-os sobre os cuidados com a limpeza e manutenção dos terrenos, com o intuito de eliminar possíveis criadouros.
A lógica por trás do uso da crotalária é simples. A flor atrai libélulas, insetos com hábitos semelhantes ao dos mosquitos. Ambos colocam ovos em locais com água parada. No entanto, as libélulas se alimentam dos próprios mosquitos, bem como de seus ovos e suas larvas.
A ideia é atrair um predador natural para reduzir a incidência e exterminar a reprodução de mosquitos transmissores de doenças. Além do trabalho de conscientização feito com os produtores rurais, os agentes de saúde também colaboram com a distribuição gratuita das mudas de crotalária a toda a população de Sorriso.
Fonte CicloVivo:http://ciclovivo.com.br/noticia/engenheira-aposta-em-flor-para-acabar-com-mosquito-da-dengue/

NOTA NOSSA: As sementes da Crotalária não são comestíveis para humanos e nem para animais, somente para serem plantadas. Deve-se evitar a ingestão de folhas e flores de crotalária por ser uma planta tóxica. Ao planta-las em seu jardim, evite o contato de crianças e animais como gatos e cães.

domingo, 5 de fevereiro de 2017

Kefir: para curar seu intestino e elevar a imunidade

Tudo começa com saúde.
Do que adianta ter sucesso e dinheiro sem saúde?
Infelizmente boa parte das pessoas ignora isso e paga, em algum momento da vida, um alto preço.
Quer ver?
Você sabe o que é kefir?
A maioria não sabe e nunca tomou esta extraordinária bebida.
Kefir é um probiótico produzido pela fermentação do leite.
Ele possui um aspecto semelhante ao Iogurte, mas o seu valor nutricional e terapêutico é muito superior.
Ele tem origem nas montanhas do Cáucaso, onde foi descoberto e é feito há séculos.
A palavra kefir é derivada do turco keif, que pode ser forçosamente traduzido como bom sentimento ou sentir-se bem.
O kefir contém leveduras benéficas como as Saccharomyces kefir e Torula kefir, que eliminam as leveduras patogênicas (prejudiciais) presentes no organismo.
O kefir pode ser feito a partir de qualquer tipo de leite (vaca, cabra ou ovelha, soja, coco ou arroz).
Também existe o kefir de água, cujos grãos são diferentes dos de leite.
A bebida pode ser preparada em casa, adicionando os grãos de kefir no leite.
O líquido fermenta em aproximadamente 24 horas, a uma temperatura de 18-30ºC.
Depois deste período, o leite deve ser coado e os grãos do kefir são adicionados a outro leite, fazendo assim de forma cíclica, por tempo indeterminado.
Os benefícios do consumo de kefir são inúmeros, mas os principais são:
- Incrementa o valor biológico das proteínas do leite
- Sintetiza o ácido láctico, o que diminui a intolerância à lactose e favorece a digestibilidade do leite mesmo para pessoas que sejam sensíveis ao leite de vaca
- Sintetiza vitaminas do complexo B
- Aumenta a resistência a infecções
- Fortalece o sistema imunológico (já foi usado, com sucesso, para ajudar pessoas que sofrem de aids, câncer e herpes)
- Acalma o sistema nervoso e, por isso, beneficia muitas pessoas que sofrem de depressão, distúrbios do sono, entre outros problemas
- Restabelece e equilibra a flora intestinal – elimina dos intestinos as bactérias e leveduras prejudiciais, e aumenta a população bacteriana benéfica e protetora
- Regula a flora intestinal, podendo ser usado tanto em casos de obstipação quanto em diarreia; reduz a flatulência e melhora de forma geral todo o sistema digestivo
- Diminui o colesterol ruim
O efeito de “limpeza” que o kefir exerce em todo o corpo ajuda a estabelecer o equilíbrio do ecossistema interno, permitindo uma ótima saúde e aumento da longevidade.
Estudos realizados em ratos no Japão revelaram ação anticâncer do kefir.
Nesses estudos, o kefir foi administrado via oral e os resultados foram a diminuição do tamanho do tumor.
Depois, a gente diz onde conseguir as sementes e ensina como fazer o kefir.

Como produzir kefir
Antes de tudo, você tem de conseguir as sementes.
Essas sementes normalmente são doadas.
Pesquise no Google e você encontrará pessoas que doam.
No Facebook, há uma fan page em que as pessoas trocam informações sobre doações de sementes de kefir.
Eis o endereço: https://www.facebook.com/KEFIR.alimento.probiotico
Depois de conseguir as sementes, você já pode preparar o kefir.
Você pode produzir kefir de leite de vaca, de leite de coco, de água...
A preferência é sua.
Mas é preciso ter o kefir específico para cada uma dessas opções.
Ou seja, com os grãos usados para produzir kefir de leite de vaca, você não deve produzir o kefir de água.
Entendeu?
Então, agora aprenda a produzir o kefir mais comum, o de leite de vaca:
INGREDIENTES
1 a 2 colheres (sopa) de grãos do kefir
Vasilhame não metálico com tampa e capacidade para conter o leite e ainda sobrar espaço (cerca de 1/4)
1 recipiente não metálico com a boca larga para coar e armazenar o kefir
1 a 2 copos de leite fresco (pode ser integral, desnatado, semidesnatado, pasteurizado, homogeneizado ou recém-tirado da vaca ou cabra.
MODO DE PREPARO
Coloque os grãos de kefir e o leite no vasilhame não metálico (certifique-se de não encher mais de 3/4 do vasilhame).
Tampe o vasilhame (pode ser tampa frouxa ou hermética) e deixe-o à temperatura ambiente por aproximadamente 24 horas ou até que o leite coalhe ou forme-se soro (kefiraride).
Coloque em um armário onde não bata luz solar direta.
Se for possível, de vez em quando (pode ser uma vez a cada duas horas), dê uma chacoalhada no vasilhame, para certificar-se de que os grãos estarão sempre em contato com o leite.
Despeje o conteúdo numa peneira não metálica e coe o kefir em um recipiente também não metálico.
O que você coou é kefir pronto para o consumo.
A bebida fermentada pode ser conservada na geladeira, mas os grãos não.
Por isso, lave o vasilhame onde os grãos estavam fermentando e repita o processo, adicionando mais leite fresco aos grãos (cuidado - se você utiliza água quente na lavagem do vasilhame, espere-o esfriar antes de depositar os grãos nele).
O kefir deve ser consumido de manhã e à noite diariamente.
Ele pode substituir uma refeição, pois é muito nutritivo.
Ah, se você tiver grãos de kefir, avise nos comentários deste post.
Este é um blog de notícias sobre tratamentos caseiros. Ele não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

Saiba como fazer um delicioso pão caseiro de frigideira

Você já deve ter tido o privilégio de visitar os parentes e sentir o delicioso aroma de pão caseiro saindo do forno.
É muito bom, não é?
Pois bem, neste post, ensinaremos a fazer uma receita da vovó! - porque o que é bom não deve se perder com o tempo, não é?
Portanto, prepara-se!
Você logo será capaz de fazer seus próprios pães de frigideira.
Não se preocupe: a receita é simples e os ingredientes são bem acessíveis.
Veja:
INGREDIENTES

3 xícaras (chá) de farinha
1 copo de água morna
1 pacote de fermento biológico em pó
1/2 colher (sopa) de azeite
1/2 colher (sopa) de sal
Azeite extravirgem de oliva
2 xícaras (chá) adicionais de farinha
MODO DE PREPARO
Adicione numa tigela grande e funda, o fermento, a água e a farinha.
Misture bem os ingredientes até obter uma massa homogênea.
Feito isso, deixe descansar a massa por 15 minutos, que é o tempo que pequenas bolhas começam a surgir.
Em seguida, adicione óleo e sal.
Depois, acrescente mais dois copos de farinha à massa, amassando bem por sete minutos para que fique uma mistura bem compacta.
Deixe a mistura descansar por 2h, isso fará com que a massa tenho o tamanho dobrado.
Feito isso, corte a massa do pão em oito pedaços para começar a dar formato ao alimento.
Em seguida, cubra os pedaços, que devem ter formato de pequenas bolas, com um papel filtro e deixe descansar por meia hora.
Após o tempo estipulado, estique cada uma das bolas de massa com um rolo, formando discos de 12 cm de diâmetro e 5 mm de largura.
Aqueça uma panela com um pouco de azeite extravirgem de oliva e vá adicionando cada disco, que deve fritar por dois minutos cada lado.
Se preferir fazer no forno, coloque todos os discos em uma fôrma untada com azeite e deixe assa por uns 10 minutos a uma temperatura de 240 graus.
Mas preaqueça o forno por uns 10 minutos antes.
Este pão caseiro, além de ser extremamente saudável e fácil de fazer, também tem um sabor delicioso!
Você pode rechear com queijo, azeitonas, sardinha, alface, tomate, ovo, ervilha, cogumelos...

sábado, 4 de fevereiro de 2017

10 PLANTAS TÓXICAS QUE O BRASILEIRO TEM EM CASA

No paisagismo residencial, por costume e tradição, mas também por sua beleza, são usadas muitas plantas que têm toxicidade tanto para humanos quanto para animais. É por tradição cultural que continuamos a usá-las no paisagismo residencial, apesar dos riscos já sobejametne conhecidos. Muitas dessas plantas também são usadas pela medicina popular, pois nas doses corretas elas são excelentes remédios já comprovados e que, na antiguidade, e não só, serviram para salvar muitas vidas. Algumas têm seu uso nas religiões afro-brasileiras, em banhos de cura ou de defesa, o que também vem da tradição cultural de um povo mestiço como o nosso.
Porém, a verdade é que são plantas belas, vistosas, de folhagens resistentes a interiores, como a costela-de-adão e o tinhorão, que se encontram nos sombreados das entradas ou num canto interior com pouca iluminação, ou são aquelas que, por espinhosas e agressivas, são muito eficazes na delimitação de terrenos, como a coroa-se-cristo, ou aquelas, que com suas belas flores, como a alamanda, o chapéu-de-Napoleão, a espirradeira e o copo-de-leite, enfeitam os jardins urbanos, ou ainda, que suas folhas, e flores, são bonitas e se adaptam bem aos projetos paisagísticos de exteriores e interiores.
Também temos o uso do cinamomo,que dá sombra agradável, não sendo árvore de muita altura, usado na frente das casas, como também a espirradeira, por ser planta resistente e de fácil manutenção, para além de muito formosa ou então, da simples hera que sobe pelos muros de paredes.
O importante é se conhecer as plantas que usamos em casa e identificar aquelas que possuem características tóxicas, pois assim poderemos escolher melhor os lugares onde as colocamos, reduzindo riscos para os residentes, mas mantendo, na tradição cultural, as plantas que nos dão segurança. Assim, apresentamos abaixo uma lista de 10 plantas escolhidas por serem, comumente encontradas em nossas casas.

1. Alamanda (Allamanda cathartica)
foto: wikipedia.org
Trepadeira arbustiva de belas flores amarelas muito encontrada por muros e calçadas. Usada na medicina popular por seu violento efeito purgante, a ingestão de suas folhas e flores, causa desarranjo intestinal que pode, inclusive levar a óbito. Como diz, e bem, a sabedoria popular, “essa flor mata cavalos”.

2. Chapéu-de-Napoleão (Thevetia peruviana)
foto: wikipedia.org
Este é um arbusto baixo, de até 2-3 metros de altura, com flores amarelo ouro, muito fragrantes, e sementes grandes, com aparência recurvada do chapéu de Napoleão, que podem ser confundidas com nozes comestíveis sendo, no entanto, muito tóxicos devido ao seu conteúdo em glicosídeos cardíacos.

3. Cinamomo (Melia azedarach)
foto: wikipedia.org
Também conhecida como “cedro branco”, tem frutos redondos, bolotas, parecidos com os do cedro. Esta é arvore nativa ornamental do Oriente, e muito útil por seu sombreado é agradável. Muito usada para sombrear calçadas. Tem folhas e frutos altamente tóxicos para humanos e animais, excluindo os pássaros, que se alimentam de seus frutos.

4. Comigo-ninguém-pode (Dieffenbachia picta)
foto: wikipedia.org
Planta folhosa da família das Araceas, como o Tinhorão e a Costela-de-Adão. Tem folhas verde-claro raiadas de branco, em bonitos padrões e, é planta de meia sombra. A tradição cultural brasileira diz que esta é uma planta de proteção energética, razão pela qual se encontra em muitas casas, tanto na área externa quanto dentro.

5. Copo-de-leite (Zantedeschia aethiopica)
foto: wikipedia.org
Arbustiva, resiste bem às variações de temperatura mas, em vaso deve se manter em terra sempre úmida. Esta planta dá flores na primavera, de cores variadas, branco, rosa, amarelo, vermelho e roxo, muito bonitas. Quando cortadas, são muito boas para arranjos internos, duradouras, em vasos de água. Esta planta é tóxica por seu conteúdo de oxalato de cálcio.

6. Coroa-de-Cristo (Euphorbia millii)
foto: wikipedia.org
Arbustiva espinhosa, com pequeninas flores vermelhas em grossos galhos que mais parecem arame farpado, tem que ser contida por podas freqüentes para que não ocupe todo o espaço à volta por sua agressividade. É planta leitosa que causa irritação de pele e mucosas e, as feridas causadas por seus espinhos são profundas e de difícil cicatrização.

7. Costela-de-Adão (Monstera deliciosa)
foto: wikipedia.org
Possui grandes folhas furadas, que contém oxalato de cálcio, daí sua toxicidade. É cultivada como ornamental e muito usada em locais de sombreamento. Suas flores são claras, cor de creme, e muito odoríferas, e seu fruto é comestível. Porém, cuidado, é uma planta da família das Aráceas, por tanto, perigosa ao ser comida.

8. Espirradeira (Nerium oleander)
Esta é uma arbustiva de porte médio, que floresce profusamente, em cores que vão do branco ao rosa-lilás, muito usada nas calçadas e quintais, por sua beleza. No entanto, aos alérgicos esta planta é profundamente tóxica, bastante passar perto para que se desencadeiem crises de rinite ou casos de asma. Também sua ingestão é perigosa já que produz distúrbios cardíacos que requerem atendimento imediato.

9. Hera (Ficus pumila)
foto: wikipedia.org
A hera de folha miúda, ou qualquer outra planta do gênero Ficus, muito usadas em casa até como bonzais, são tóxicas por seu leite que contem oxalato de cálcio.

10. Tinhorão (Caladiun bicolor)
foto: wikipedia.org
Também conhecida como caládio ou tajá, é uma folhagem bicolorida, que se expande por rizomas e gosta da meia sombra. Muito agradável à vista, no entanto, é altamente tóxica, pois contém oxalato de cálcio em suas folhas e caules.

Escrito por Alice Branco
Fonte:https://www.greenme.com.br/morar/horta-e-jardim/1878-10-plantas-toxicas-brasileiro-tem-em-casa

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Conheça a verdadeira história por trás da icônica foto do "abutre e a criança"

A imagem, clicada 1993, tinha como objetivo mostrar a situação de miséria do país, mas se transformou numa chuva de críticas ao fotografo – Foto: Kevin Carter
Muito criticado por não ajudar a criança, o fotojornalista cometeu suicídio um ano após capturar a imagem estarrecedora, mas poucos sabem que ele foi proibido de intervir na situação por soldados


Imortalizada pelo fotojornalista sul-africano Kevin Carter, em 1993, a foto o transformou numa celebridade mundial, mas o preço da fama custaria sua vida meses mais tarde. Clicada na cidade de Ayod, no Sudão, a imagem gerou uma enorme quantidade de críticas ao fotografo, que foi acusado de não ajudar a criança e ainda se promover. A foto histórica foi publicada pela primeira vez em 16 de março de 1993, no jornal norte-americano The New York Times.
A captura da imagem durou aproximadamente 20 minutos, período que Carter esperou pacientemente o abutre se aproximar da criança. Após a ave chegar na posição ideal para a foto, ele eternizou o momento, que retratava com extrema realidade a situação que o país passava naquela época. Depois de registrar a fotografia, Carter espantou o abutre de perto da criança, mas não pode interferir em sua situação.
O que muitos não sabiam e ainda não sabem é que era determinantemente proibido que os jornalistas tocassem nas vítimas da miséria e da guerra civil que assolava o país. A medida extrema visava protege-las da possível transmissão de doenças. Inclusive, os repórteres só saíam a campo para realizar as matérias acompanhados de soldados armados, que também tinham como missão impedir que eles interagissem com as vítimas.
Impossibilitado de agir, o fotografo afirmou diversas vezes em entrevistas que sentia remorso por não ter feito nada para salvar a criança, mesmo não podendo interferir na situação. Na época, a pressão sobre ele foi muito grande, inclusive sendo comparado ao abutre em diversos momentos.
A foto estarrecedora lhe rendeu a maior honraria do jornalismo, o prêmio Pulitzer de 1994. Entretanto, a conquista colocou a imagem e as antigas críticas de novo no holofote da mídia. Abalado com a repercussão negativa do seu trabalho e com a falta de dinheiro, Kevin Carter se suicidou ao final daquele ano.
Pais estavam por perto
Uma imagem fora do seu contexto pode alterar completamente a situação e isso aconteceu, em partes, nessa icônica foto. Sozinha, debilitada e com um abutre a sua espreita, a criança parece abandonada a espera da própria sorte. Na realidade seus pais estavam a poucos metros dali, numa missão da ONU que entregava alimentos básicos e optaram por não entrar com ela na área, que costuma ser muito disputada e terminar com violentas brigas por comida.
Inclusive, ao se ampliar a imagem é possível reparar que a criança utiliza uma pulseira das Nações Unidas com a inscrição: T-3. A sigla, usada pela ONU, significava que a criança foi classificada com mal nutrição severa e o número indicava a ordem de chegada ao centro de refugiados.

Dennys Marcel
Fonte:http://www2.uol.com.br/guiadolitoral/materias/conheca_a_verdadeira_historia_por_tras_da_iconica_foto_do_abutre_e_a_crianca-3958-2016.shtml

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conheça o projeto EcoVida

Postagens populares

Seguidores