Quem sou eu

Minha foto

Sou Fotógrafo Profissional, Sertanista e atualmente trabalho com fotografia de Eventos Sociais em SP.

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

A importância das abelhas para a alimentação no mundo

Se as abelhas desaparecerem, ao homem restarão apenas quatro anos de vida?

Esta frase de Albert Einstein parece ridícula, mas admirador das abelhas que era, devia saber bem do que estava falando.

De acordo com a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação, as abelhas polinizam os frutos de 73% dos alimentos que consumimos.

A extinção das abelhas pode levar a colapso mundial alimentar e essa realidade parece estar próxima. Cientistas alertam que colônias inteiras do inseto estão ameaçadas. A situação coloca em risco a própria produção de alimentos para os seres humanos, já que as abelhas desempenham papel fundamental na polinização das plantas.

O uso de pesticidas por fazendeiros em cultivos e colmeias pode embaralhar os circuitos cerebrais das abelhas. De acordo com artigo publicado na revista científica Nature Communications, a utilização desses produtos químicos afetaria a memória e a capacidade de navegação das abelhas melíferas (produtoras de mel).

No ano passado, a associação entre o desaparecimento de abelhas e o uso de agrotóxicos levou o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) a restringir a aplicação de quatro tipos de princípios ativos de inseticidas. Na época, o agrônomo, Quimet Toldrá, em entrevista à Radioagência NP, destacou a importância das abelhas para a produtividade de certas culturas agrícolas.

“A abelha européia, a nível mundial, é responsável por aproximadamente 75% da produção de frutos. No caso das maçãs, por exemplo, calcula-se que 90% da produção é responsável pela polinização das abelhas. Em outros cultivos, como o café, 60% se devem às abelhas”.

As abelhas são fundamentais para o funcionando do sistema agrícola. E, no Brasil, elas estão mais ameaçadas. Desde 2008, o país é o maior consumidor de agrotóxicos do mundo. Segundo Quimet Toldrá, os impactos são instantâneos.

“A quantidade que está se jogando de agrotóxicos vai ter efeitos na biodiversidade. Não são efeitos às vezes até diretos, mas indiretos. Ou seja, vai se rompendo a cadeia de reprodução das plantas, de diferentes espécies vegetais.”
De São Paulo, da Radioagência NP, Leonardo Ferreira.

Como ajudar?
Cultive plantas que floresçam no inverno. Nas regiões de invernos mais rigorosos, costumam ter poucas plantas que florescem no outono e inverno, isto causa a morte e diminuição das colônias.

Escolher plantas para os jardins que tenham flores contínuas, elas atraem as abelhas.

Organizar conjunto de plantas que tenham florescimento sazonal, combinando-as de modo a ter sempre flores no jardim que possam servir de alimento. 

Flores preferidas das abelhas
As abelhas enxergam cores e são atraídas por flores de cor azul, rosa, púrpura, amarela, branca e violeta. Plantar flores de diferentes cores e tamanho em seu jardim, varanda ou em pequenos vasos já é uma grande ajuda. Não só as abelhas, mas também insetos polinizadores serão beneficiados!

O ideal: Áreas de jardins particulares, públicos, empresariais, condomínios, parques e hortas são fortes aliados.

O Cartaz ao lado que diz o que podemos plantar para salvar a espécie é simples, mas podemos ir além. Entre as favoritas estão: Funcho, malva, manjerona, orégano, alecrim, dente de leão, tomilho, hortelã, lavanda, margaridas, girassol, macela, carqueja, begônia, margarida, dama da noite, calendula, gerânio laranjeira, limoeiro, pitanga, maracujá, abacateiro…. entre tantas outras!

Muitas pessoas hesitam quando se fala em atrair abelhas para o jardim, temendo ser picado. A verdade é que a maioria das abelhas são criaturas gentis que estão somente em busca de comida e água para si e seus filhotes. Para evitar esses aborrecimentos, quando estiver em um jardim, não use cores e perfumes fortes, elas podem pensar que você é uma grande flor pronta para a polinização.

Fonte da matéria:http://www.studiodecore.com/2014/01/extincao-das-abelhas-pode-levar-ao.html

0 comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conheça o projeto EcoVida

Postagens populares

Seguidores