Quem sou eu

Minha foto

Sou Fotógrafo Profissional, Sertanista e atualmente trabalho com fotografia de Eventos Sociais em SP.

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Manuais de cultivo de Neve do Verão, Perfume da Noite, Manacá da Serra, Celósias, Suculentas, Chuva de Ouro e Uvas diversas


NEVE NO VERÃO - Cerastium tomentosum


Semear pressionando as sementes no solo mas não cobrir  já que necessita de luz para germinar. 

Mantida a 20 graus a, germinação demorará 14-15 dias. Transplantar para o jardim com um espaçamento de 30-40 cm.

Cultive a Neve no verão a pleno sol. Esta planta tolera bem o frio bem como o calor desértico (luz em sombra), mas não prospera bem em regiões que são quentes e úmidas. Com boa drenagem, solos pobres não são um problema para ela. Precisa de pouca água uma vez estabelecida, se alastrará rapidamente em solos úmidos. .

Em climas mais amenos semear no início da Primavera até ao início do Verão, em  climas quentes semear depois que as temperaturas mais altas tenham passado (veja abaixo)

Preparar o terreno para um ancinho e deixar a terra . Plante quase sem enterrar, apenas cobrindo as sementes, já que a luz é benéfica (e necessária) para a germinação.

Coloque o vaso ou bandeja numa posição muito luminosa mas evite a luz do sol direta que pode secar a superfície e queimar as mudinhas emergentes. Manter condições úmidas tampando a bandeja ou vasos com um saco de polietileno transparente.

Você pode esperar a germinação de ocorrer dentro de 7 a 14 dias.com uma temperatura ideal de 15 a 21 graus. Muito mais calor ou mais frio podem diminuir ou até inibir totalmente a germinação.

Uma vez germinadas as sementes retire o polietileno e mantenha condições de muita luminosidade e umidade. Depois de algumas semanas as plantinhas precisarão ser transplantadas a vasos individuais de 10 cm e em mais 3 semanas estarão prontas para o plantio fora em sua posição final.

MANACÁ DA SERRA - MANACA - Tibouchina mutabilis

Sementeira

Prepare uma sementeira ou vaso. Para substrato devemos usar composto orgânico peneirado bem fino. Outra opção uma mistura de terra vegetal com húmus e um pouco de areia fina. Nivele deixando bem plano. Regue em seguida e espere uma hora até o excesso de água escorrer (importante o recipiente ter uma boa drenagem).

Agora pulverize as sementes sobre a superfície do substrato molhado. Não cubra as sementes, pois precisam de luz para germinar. Agora usando um borrifador, pulverize um pouco de água sobre as sementes espalhadas sobre o substrato para que as sementes possam se acomodar.

Cubra a sementeira ou vaso com um saco plástico transparente para manter a umidade e temperatura estáveis. Faça uns 2 a 3 pequenos furos no plástico para circular um pouco de ar. Coloque o vaso ou sementeira em um local que pegue bastante claridade, mas não sob o sol direto. Verifique a umidade do substrato todos os dias.

É recomendado borrifar um pouco de água na superfície com bastante cuidado para as sementes não se moverem. NUNCA REGUE COM UMA MANGUEIRA, A FORÇA DA ÁGUA VAI ENTERRAR AS SEMENTES... E ADEUS GERMINAÇÃO. Muito cuidado para não encharcar demais o substrato e apodrecer as sementes.

As sementes irão germinar com menos de 15 dias, algumas germinam rápido e outras vão demorar um pouco mais, portanto espere, pois sempre terá umas mudinhas “retardatárias”. Após a emergirem, retirar o plástico e redobrar o cuidado com a umidade do substrato. Mantenha em local com boa claridade, mas sem sol direto.


Transplante de mudas de Manacá

Quando as plantinhas apresentarem 4 cm ou 6 folhinhas poderá ser feito o transplante para sacos ou vasos para cultivo, mantendo-se à sombra em cultivo protegido com pelo menos 50% de sombra, até atingirem 50 cm, quando coloca-se um tutor de bambu para conduzir a muda.
Levar para canteiros e iniciar a formação da árvore.

Substrato de cultivo
O substrato de cultivo da “muda” deve conter adubo animal de curral bem curtido, composto orgânico de folhas e vegetais e, areia em partes iguais. A colocação de farinha de ossos também é recomendável, cerca de 30 gramas por muda. Fazer a mistura, e plantar.
Se já neste estágio desejar introduzir o tutor no substrato, ganhará tempo.

Outras dicas

• Necessita de sol e solo fértil e de umidade moderada.
• Para plantar as mudas, abrir um buraco maior que o torrão da muda.
• Colocar adubo animal de gado bem curtido, cerca de 1 kg/muda, misturado a composto orgânico oriundo de folhas decompostas. Pode usar também húmus de minhoca se preferir.
• Colocar também farinha de ossos. Misturar bem.
• O fundo do buraco e as laterais deverão ser remexidos para evitar a compactação da terra, permitindo que a muda se desenvolva bem.
• Colocar a muda no buraco depois de cortar o pote de plantio e retirar o torrão.
• Nas laterais colocar também a mesma mistura. Regar bem.
• usar tutor de estaca de eucalipto para a muda ter um apoio.
• Para amarrar, usar cordão de sisal ou algodão, dando a forma de oito para não estrangular a planta quando esta crescer.
• Manter as regas diárias até uns 10 dias, caso não chova no período.

Fonte, texto base: manacacomunicacao.com.br 

CELOSIA - Todas as espécies e variedades RABO DE GALO - CRESTA DE GALO - FLAMINGO, ETC

Propagação:

A propagação é  feita por sementes É MUITO FÁCIL. Apenas enterrar as sementes e molhar, mantendo úmido sem encharcar.
O melhor é semear as sementes no local definitivo, pois as mudas são sensíveis ao transplante, mas também podem ser semeadas em pequenos vasos e outros recipientes, transplantando as mudas com bastante cuidado quando atingem de 5 a 8 cm de altura. Semeie a cerca de 0,5 cm de profundidade no solo. A germinação das sementes geralmente ocorre entre 1 e 3 semanas.

Ciclo de cultivo:

As celósias são plantas anuais.

Iluminação:

Pode ser cultivada com luz solar direta ou em sombra parcial com boa luminosidade.

Irrigação:

O ideal é manter o solo úmido sempre úmido, mas sem que permaneça encharcado. Contudo, são relativamente resistentes a curtos períodos de seca.

Solo:

O solo deve ser bem drenado. Não tem requerimentos especiais em matéria de solo.

Clima

São plantas de clima tropical, crescendo bem em temperaturas entre 20°C e 35°C. Em regiões com invernos frios, podem ser cultivadas nos meses mais quentes do ano.


Floração:

Floresce cerca de 60 a 90 dias após o plantio.

Fonte: Jardineiro.info

UVA RED GLOBE e todas as variedades - Vitis vinifera

GERMINAÇÃO

1) Hidrate

Coloque as sementes em agua mineral por 24 horas
.

2) Estratifique as sementes. 
Muitas sementes requerem um período de frio, condições de umidade para iniciar o processo de germinação. Na natureza, isto é alcançado quando as sementes ficam no chão durante o inverno. Você pode simular estas condições através do processo de estratificação.

Coloque as sementes dentro de um filtro de café umedecido e coloque este num saco plástico hermético.

Refrigere as sementes. A temperatura ideal para estratificação é uma constante  de 1a 3 ºC, a geladeira é um bom lugar para este processo. Mantenha as sementes refrigeradas durante dois a três meses. Não deixe que elas congelem.

3)  Plante as sementes.
Passados os 2 ou 3 meses retire as sementes do frigorífico e planta-las em vasos preenchidos com bom solo.

Plante as sementes individualmente em pequenos vasos ou juntas em grandes vasos com pelo menos 4 cm de espaçamento entre cada semente. Enterre as sementes a 1/2 cm.
 
Para germinar, as sementes de uva precisam de temperaturas diurnas de pelo menos 20ºC e temperaturas nocturnas de pelos menos 15ºC. 

Manter o solo úmido mas não muito molhado. Pulverize a superfície com um spray de água quando ele começa a ficar a seco.
 
Verifique a presença de crescimento. Sementes de uva normalmente demorar entre 2 a 8 semanas para germinar.

3) Transplante
Quando as mudinhas tenham cerca de 8-10 cm, e pelo menos 5-6 folhas, transplante-las para vasos maiores ou o lugar definitivo no jardim ou horta. 


4) Cultivo
Para prosperar, as vinhas tem necessidade de uma a quantidade certa de sol, drenagem adequada e uma forma de apoio.

Escolha o local certo. As plantas necessitam de 7-8 horas de pleno sol diariamente para melhores resultados.
 
Prepare o solo. As videiras exijam solos bem drenados. Se você tiver de argila ou outros solos mal drenados, aumentar a drenagem com composto, areia ou outras alterações do solo que aumentem a drenagem. 

Espaçamento entre as plantas de 2,5 m para permitir o crescimento.
 

5) Suporte
Apoie adequadamente a sua planta. As videiras precisam de 
um suporte adequado. No primeiro ano, quando as plantas são ainda pequenas, uma vara de bambu será suficiente para apoiá-los e mantê-los fora do solo. À medida que cresçam, você precisará treiná-los para subir numa treliça ou pergula. Amarre a ponta dos brotações para conduzir o crescimento.



6)  Tome cuidado correto de suas plantas, e prepare-se para esperar. 

As videiras podem levar até três anos para começar a produzir frutos. Durante esse tempo, o cuidado correto e a formação as plantas é essencial para o melhor rendimento dos frutos.
 
Ano 1: Ajude ao crescimento. Escolha os três brotos mais fortes na planta e  pode todos os outros. Assim esses três brotos crescerão mais fortes e mais vigorosos.

Ano 2: Adubar adequadamente. Remova as inflorescências à medida que surjam, ou seja não deixe a plantar produzir frutos ainda. Remova qualquer broto que cresça abaixo dos três principais que você selecionou no ano anterior. 

Ano 3: Continue a adubação e remoção das brotações baixas. Durante este ano, você pode permitir que alguns racemos de flores permaneçam e produzam uma pequena colheita de uvas.

Ano 4 e depois: Continue a adubação e poda. Este ano e posteriormente, você pode deixar todas as inflorescências frutos se desejar.

CULTIVO DESDE SEMENTES

Encha uma bandeja para sementes com uma mistura de boa drenagem composta de 2 partes de areia grossa e uma parte de perlita . Deixe a parte superior da bandeja (1 cm) vazia.

Polvilhe as sementes de sempervivum sementes em toda a superfície do solo. Distribua as sementes uniformemente. Aperte as sementes suavemente sem enterrar!

Espalhe uma camada muito fina  de areia fina sobre as sementes para ajudar a manter a umidade mas  ainda permitindo que a luz chegue nas sementes .

Molhe as sementes com um pulverizador o borrifador, NUNCA USE UMA MANGUEIRA, já que a força da água enterrará as sementes. Borrife abundantemente de maneira tal que o primeiro cm do solo fique sempre úmido. Manter este nível de umidade durante o processo de germinação sem nunca alagar.

Cubra a bandeja de mudas com um filme plástico para segurar o calor ea umidade . 

Expor as sementes de sempervivum a uma luz muito brilhante mas sem sol direto, durante seis a oito horas todos os dias.

Preste atenção para a germinação em 2-5 semanas. Retire o filme plástico , logo que as mudas começem a nascer. Melhorar a circulação de ar em torno das mudas  deixando 1 planta a cada dois centímetros .

Diminuir a irrigação assim as mudas comecem a emergir.

Transplante as mudinhas a vasinhos a partir de 10 cm, assim que elas alcamcem uns 3 cm de altura
10 
Mantenha as mudas de sempervivum plantadas individualmente em um local quente , protegido até que amadureçam e assumir a sua forma de roseta característica , e depois transplantá-las em vasos permanentes ou diretamente em o jardim. 

CHUVA DE OURO - Cassia Imperial - Cassia fistula e outras espécies de Cassia

 
A Chuva de Ouro, Cassia fistula (Fabaceae) propaga-se por sementes, e para promover a produção das mudas faz-se necessário superar a dormência natural das sementes que é causada pela impermeabilidade do tegumento à água. 

Num trabalho científico publicado pela Universidade Federal de Santa Catarina a maior porcentagem de emergência das plântulas de C. fistula foi observada para sementes escarificadas com lixa d’água nº 80 na região lateral da sementes.

Recomendamos também a imersão em GA3 (Ácido Giberélico) após lixar as sementes, até notar que as sementes ficam maiores, ou seja absorvem o liquido.

Cobrir com uma fina camada de substrato peneirado e não deixar que secar regar de 1 a 2 vezes por dia.

Mantenha em local com bastante claridade, mas que não receba luz direta do sol.
Transplantar para o lugar definitivo quando as mudas tenham 40-50 cm.

Fonte:http://manuaisdecultivo-plantamundo.blogspot.com.br/

0 comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conheça o projeto EcoVida

Postagens populares

Seguidores