Quem sou eu

Minha foto

Sou Fotógrafo Profissional, Sertanista e atualmente trabalho com fotografia de Eventos Sociais em SP.

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Você se lembra dessa frutinha? Sabia que ela tem propriedades medicinais? Veja:

NOMENCLATURA E SIGNIFICADLO: CAMARÁIUBA vem do Tupi guarani e quer dizer “erva cheirosa que dá frutos em espiga”. Também chamada de Fruta de grilo, Lantana, Hortelã frutífera e Menta silvestre.

Origem: Espécie de ampla distribuição, ocorrendo sempre em formações campestres pioneiras. Aparece na Amazônia e Pará, porém é mais comum desde Minas Gerais, São Paulo até o Rio Grande do Sul, Brasil.

Usos: Frutifica de janeiro a Abril. Os frutos são pequenos e podem ser consumidos in-natura e utilizados para fazer sucos refrescantes. As flores são produtoras de néctar e pólen para abelhas nativas, atraindo também muitas espécies de borboleta. A planta tem diversos usos medicinais e está entre as 10 melhores frutíferas para atrair pássaros.
Fonte: http://www.colecionandofrutas.org/lantanatrifolia.htm
Propriedades medicinais: Balsâmico, diurético, estimulante, estomacal, expectorante, sudorífera, tônico, tônico pulmonar.

Princípios Ativos: Óleo essencial, taninos , mucilagens e alcaloides.

Indicações: Afecção pulmonar, asma, bronquite, dor de ouvido, espasmo, febre, peitoral, reumatismo, tosse, vias respiratórias.

Modo de Usar: Afecções das vias respiratórias, tosses, bronquites, resfriados, catarro, rouquidão, asmas e coqueluches; estados febris - Em um pilão, coloque 2 colheres de sopa de folhas e 1 colher de sopa de flores frescas. Amasse bem. Acrescente em seguida, 1 xícara de café de água fervente. Misture bem e coe. Adicione 2 xícaras de café de açúcar cristal. Deixe dissolver bem o açúcar. Tome 1 colher de sopa, de 2 a 3 vezes ao dia. Para crianças dar somente metade da dose diária.

Reumatismo: contusões, esfoladuras; dores nas juntas; dores musculares - Coloque 3 colheres de sopa de folhas frescas fatiadas em 1 copo de água em fervura. Deixe ferver por 5 minutos e coe. Ainda morno, aplique em compressas nos locais afetados.

Dores reumáticas: Em um pilão, coloque 2 colheres de sopa de folhas e flores frescas. Amasse bem, até adquirir uma consistência pastosa. Espalhe em um pano ou gaze e aplique nos locais afetados, 2 vezes ao dia, deixando agir por 1 hora ou durante a noite toda.

Contraindicações/cuidados: Os frutos, comestíveis quando maduros, são considerados tóxicos quando ainda verdes.

Posologia: Adultos: 30 a 50ml de tintura das partes aéreas divididos em 2 ou 3 doses diárias, diluídos em água 4g de folhas frescas e 2g de flores frescas (2 colheres de sopa +1 colher de sopa) em infuso até 3 vezes ao dia, com intervalos menores que 12hs; Extrato fluido: 15ml por dia; O infuso pode ser acrescido de 1 colher de sopa de mel nas afeções respiratórias; O infuso também poderá ser usado em compressas como sarnicida e em contusões e mialgias; A mesma proporção de ervas do infuso pode ser usada maceradas a seco para cataplasmas em dores, 2 vezes ao dia deixando agir por 2h ou a noite toda; Crianças: usam 1/6, 1/3 ou '/2 dose de acordo com a idade.

Farmacologia: A atividade febrífuga e devida a lantanina. não foram encontrados estudos que confirmem as outras atividades terapêuticas.

0 comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conheça o projeto EcoVida

Postagens populares

Seguidores