Quem sou eu

Minha foto

Sou Fotógrafo Profissional, Sertanista e atualmente trabalho com fotografia de Eventos Sociais em SP.

Arquivo do blog

Tecnologia do Blogger.

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

Amor-agarradinho. Conhece?

Amor-agarradinho, Amor-entrelaçado, Bela-mexicana, Cipó-coral, Cipó-mel, Coralita, Georgina, Lágrima-de-noiva, Mimo-do-céu, Rosa-da-montanha, Rosália ou Viuvinha é uma trepadeira originária do México e América do Norte da família das Polygonaceas e tem ciclo perene, atingindo de 9.0 a 12 metros de altura.

Planta arbustiva tuberosa, trepadeira tipo liana de ramos finos e flexíveis, providos de gavinhas, com folhas verde-claro em forma de coração e flores pequenas completas, cor-de-rosa ou brancas, numerosas e muito duradouras, reunidas em grande inflorescências, muito apreciadas pelas abelhas.

Muitos produtores de mel a cultivam para alimento destes insetos. Floresce praticamente o ano todo.

Necessita de muito sol e pode ser cultivada em todo o país. Não é exigente em fertilidade do solo, mas na cova de plantio colocar composto orgânico de folhas e adubo animal garantirá sua floração abundante.

Anualmente no inverno colocar mais composto orgânico, adicionando adubo granulado formulação 4-14-8 para uma bela floração.
As regas devem ser regulares, pois no verão sofre com a seca. Pra fazer propagação da planta basta semi-enterrar um dos ramos flexíveis no solo que enraizará facilmente.

Se não dispuser de espaço, faça um alporque de ramo, colocando musgo sfagno (Sphagnum) úmido junto a uma ou duas gemas. Antes retirar com cuidado as folhas nascidas nestas gemas, fazer uma pequena escarificação com estilete limpo abaixo delas e cobrir com plástico, amarrando nas duas pontas para manter no lugar. Quando notar que estão se desenvolvendo raízes, cortar abaixo do alporque e plantar a muda.

Pode ser encontrada com mais raridade na cor branca.

É uma excelente liana para cobrir cercas de divisas em locais ensolarados e colocar em treliças e pergolados. O único inconveniente são as abelhas que a procuram.

Para produzir esta bela trepadeira podemos usar substrato bem leve, de casca de arroz carbonizada, areia e terra vegetal compostada feita de adubo animal, folhas e restos vegetais, colocando em sacos de tamanho médio ou baldes moles. Proteger o orifício de drenagem com cascalho ou brita e areia úmida. Colocar o substrato e plantar as estacas.

Estas deverão ser retiradas da planta matriz, cortando um ramo, procurando retirá-lo inteiro, tarefa um pouco difícil, já que eles se enredam na planta. Cortar as estacas com 20 a 25 cm de comprimento, retirando-se as folhas que resguardam as duas gemas inferiores.

Enterrar as duas gemas no substrato, regando bem a seguir. Manter as mudas em cultivo protegido até que estejam enraizadas e iniciem seu desenvolvimento, levando então para cultivo ao sol.

Como esta planta é um cipó, irá enredar-se em qualquer outra planta próxima. No cultivo comercial de trepadeiras, há o costume de manter-se um tutor geral feito de arame com moirões, dificultando depois a retirada da muda para comercialização. Recomenda-se que se faça tutor de sarrafo tipo escada individual para que a planta se desenvolva melhor e produza bela camada de flores, para obter um produto de boa qualidade para a venda.

Abelhas observadas nessa espécie de planta coletando pólen e néctar:
Abelha européia ou africanizada (Apis mellifera)
Iraí (Nannotrigona testaceicornis)
Mirim (Plebeya spp)
Irapuá (Trigona spinipes)

Bibliografia
- Jardineiro.net – http://www.jardineiro.net/plantas/amor-agarradinho-antigonon-leptopus.html
- Faz Fácil – http://www.fazfacil.com.br/jardim/trepadeira-amor-agarradinho
- Flores e abelhas em São Paulo, José Rubens Pirani e Marilda Cortopassi-Laurino.

Fonte:http://www.abelhasjatai.com.br/plantas-meliferas/amor-agarradinho-antigonum-leptopus/

0 comentários:

Postar um comentário

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Conheça o projeto EcoVida

Postagens populares

Seguidores